sexta-feira, 1 de março de 2013

Concita Maia: O tráfico de pessoas é uma realidade não muito distante de nós


Lendo hoje o site do Janelão, que gosto muito, eu me deparei com esta notícia, coloco abaixo minha opinião:
http://www.janelao.net/joomla/index.php/politica/item/2072-concita-maia-o-trafico-de-pessoas-é-uma-realidade-não-muito-distante-de-nos

A Secretária de Políticas para Mulheres, Concita Maia, ressaltou durante audiência pública realizada nesta quinta-feira, 28, com a Comissão de Inquérito (CPI) que investiga o Tráfico de Pessoas no Brasil que no ano de 2009, ainda no governo Binho Marques (PT), foi assinado junto ao Governo Federal um pacto de enfrentamento à violência contra mulheres no sentido de inibir e enfrentar essa problemática.

“O tráfico de pessoas é uma realidade que não está longe de nós, basta abrirmos às portas de nossas casas para nos deparar com casos como este. Nós estamos trabalhando com essa problemática já faz algum tempo, no ano de 2009, na época do governo Binho Marques, foi assinado junto ao Governo Federal um pacto de enfrentamento à violência contra a mulher dentre vários eixos, e isso foi um passo importante para este combate”, afirmou.
Concita Maia lembrou ainda que, no ano de 2008, foram implantados no Estado do Acre três núcleos de atendimento a casos de violência contra mulher. Os municípios contemplados foram Cruzeiro do Sul, Brasileia e Epitaciolândia. “Essas três cidades acreanas hoje contam com um serviço especializado relacionado a casos que envolvem qualquer tipo de violência contra mulheres, com isso o atendimento e combate a casos como esses se torna mais intenso”, disse.
Para concluir, Concita disse que a secretaria foi convocada pela presidente Dilma Rousseff para participar do encontro que tratará sobre os serviços especializados de atendimento a mulheres imigrantes dos municípios de fronteira. Ela disse que somente cinco municípios brasileiros foram contemplados com este serviço que será lançado no dia 8 de março deste ano. “Estou muito feliz por ter sido convocada pela presidente Dilma a participar do encontro onde serão discutidos os serviços especializados de atendimento a mulheres imigrantes nos municípios de fronteira. Apenas cinco cidades participarão e nós fomos privilegiados com este convite”, concluiu. (Agência Aleac)

Fico contente ao ler a nossa secretaria das Mulheres Concita Maia dizer que, desde 2008, foram criados no Estado do Acre 3 núcleos de atendimentos a casos de violência contra a mulher, como também, no ano de 2012 inteiro eu participei, na SEP MUlheres, das reuniões da criação e implantação do REVIVA (Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, órgão nascido na cidade de Campinas, há poucos anos, com ramificações por todo o Brasil. 
E Concita Maia, através da muito competente Joelda Pais,  coordenadora da REVIVA em Rio Branco, tem feito um grande trabalho para colocar a REVIVA em funcionamento. EM 2012, passamos o ano todo lendo, estruturando e aprovando o estatuto que vai reger a REVIVA/ACRE e também na criação do site que vai bastar cada cidadão acreano dar um clique, para fazer a denúncia de violência doméstica e contra a mulher. Vamos ter um melhor e mais rápido atendimento e logicamente aumentar a luta contra a violência em todo o Estado. Redes como a REVIVA são frutos da Lei Maria da Penha, criada em 2006.

Temos muito trabalho ainda pela frente, mas não podemos negar a importância da criação de uma rede em todo o Estado do Acre como a REVIVA e o impacto que vai ser/ter quando a rede estiver funcionando plenamente.

Bem como temos que dar toda a visibilidade possível e nosso apoio e colaboração para o lançamento dos serviços especializados de atendimento a mulheres imigrantes dos municípios de fronteira, que vai ser lançado por Concita Maia, em parceria com governo Dilma Roussef, no dia 08 de março de 2013. Somente 5 municípios foram contemplados com este serviço e Rio Branco é um deles. Parabéns secretária Concita Maia e seguimos firmes na luta feminista.