terça-feira, 7 de maio de 2013

PREFEITO MARCUS ALEXANDRE VISITOU CASA ROSA MULHER

 Em janeiro de 2013, umas das primeiras ações do prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, foi visitar a Casa Rosa Mulher, e dessa visita renderam várias reportagens, coloco a qui a publicação que se encontra no site do PT, por ser bem completa e falar do histórico, ações e prêmios da Casa Rosa Mulher: 

A Casa Rosa Mulher, no bairro Cidade Nova, é referência no atendimento às mulheres em situação de vulnerabilidade social e violência. No local são oferecidos cursos profissionalizantes, como de corte costura artesanato e de cabeleireiro. A casa dispõe ainda de advogada, assistente social e psicóloga para atender mulheres que sofrem violência.
O objetivo é promover a cidadania e o fortalecimento da auto-estima delas. Nesta terça feira o prefeito Marcus Alexandre visitou a Casa e pediu que essas ações extrapolem os muros da instituição para atender as pessoas que não conseguem chegar até o local. “Seria como uma equipe itinerante, para ir onde está a grande demanda”, explicou o prefeito, que sugeriu ainda que a Casa “adote” um bairro, uma região da cidade, para aplicar as políticas disponíveis na casa.
O prefeito quer empenho da equipe para “atacar” problemas como a gravidez na adolescência, exploração sexual de crianças e adolescentes, prostituição e outras situações que expõem as mulheres á situação de vulnerabilidade. Cita como exemplo, a região próxima ao Terminal Urbano, que concentra vários desses problemas e onde devem ser aplicadas as políticas afirmativas. “Ao cuidar do Terminal, não podemos olhar só as obras, mas também as pessoas, as mulheres que estão ao redor com problemas de drogas, bebidas e prostituição. Lá é um bom local para ser foco das ações da Casa”, relata.
A coordenadora da Casa Rosa Mulher, Vanessa Mota, garantiu que a equipe vai se empenhar para atender a demanda que procura os cursos da casa, sem esquecer o desafio externo proposto pelo prefeito. Criada em 1994, a Casa Rosa Mulher faz parte da estrutura da secretaria Adjunta da Mulher, ligada á secretaria Municipal de Direitos Humanos, que será criada oficialmente em fevereiro. A secretária Adjunta da Mulher, Graça Lopes, afirma que a Casa é a simbologia da resistência do movimento feminino do Acre, por isso, deve continuar avançando para “honrar o legado da Casa”.
Carro novo
Uma das ferramentas para a implantação do atendimento itinerante, um carro modelo van, foi entregue nesta terça feira, 15, á Casa Rosa Mulher pelo prefeito Marcus Alexandre. O veículo faz parte do Reaparelhamento do Centro de Referência para Mulheres em Situação de Violência e Risco Social de Rio Branco, custeado pela secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República. O investimento total é de R$ 184 mil, sendo que o veículo custou R$ 96 mil. O restante é para a aquisição de outros equipamentos como computadores e projetor, além de material de consumo.
A coordenadora da Casa Rosa Mulher, Vanessa Mota, garantiu que a equipe vai se empenhar para atender a demanda que procura os cursos da casa, sem esquecer o desafio externo proposto pelo prefeito. Criada em 1994, a Casa Rosa Mulher faz parte da estrutura da secretaria Adjunta da Mulher, ligada á secretaria Municipal de Direitos Humanos, que será criada oficialmente em fevereiro. A secretária Adjunta da Mulher, Graça Lopes, afirma que a Casa é a simbologia da resistência do movimento feminino do Acre, por isso, deve continuar avançando para “honrar o legado da Casa”.
Cursos 2013 abertos
Casa Rosa Mulher abre a jornada de atividades de 2013, realizando no período de 14 a 21 de janeiro, oficina de artesanatos , que inclui técnicas de fuxico, customização e confecção de bolsa nécessaire para mulheres. Essa atividade faz parte das ações a serem desenvolvidas nos cem primeiros dias de governo da Prefeitura de Rio Branco.
Brinquedoteca da Casa atende crianças de mães que fazem cursos
Como parte da estrutura da Casa Rosa Mulher, há uma brinquedoteca, onde as mães que fazem os cursos deixam os filhos por algumas horas sob os cuidados de uma pedagoga. Mas as crianças não contam ainda com merenda. Durante visita, o prefeito Marcus Alexandre disse que vai se empenhar para viabilizar o lanche para as crianças atendidas na casa. Ele quer que as mães tenham tranqüilidade ao deixar os filhos no local enquanto aprendem ofícios, que serão decisivos para a conquista da independência financeira e o fim da exposição á violência por parte de parceiros.
Prêmios recebidos pela Casa Rosa Mulher
1994: 1ª Mostra de Experiências Municipais sobre Defesa da Mulher contra a Violência (Fundação Ford e Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM);
1996: 1º Ciclo de Premiação do Programa Gestão Pública e Cidadania (Fundação Getúlio Vargas);
2005: Prêmio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio – 3º Objetivo: Igualdade entre Sexos e Valorização da Mulher - Governo Federal e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD;
2009: Prêmio IEL Melhores Práticas de Estágio: 1º Lugar na Categoria Empresa Pública (Federação das Indústrias do Acre). Menção honrosa na etapa nacional;
2012: Prêmio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio – Prática 1: Organização Social – uma estratégia de cooperação, renda e cidadania, com as seguintes ações: Projeto Jardinagem Comunitária (COMULHER), Projeto Hortas Comunitárias nos Vazios Urbanos (COMTES) e Feiras de Agricultura Familiar nos Bairros (SAFRA).