quarta-feira, 27 de novembro de 2013

UFAC juntamente com SEPMulheres realiza Seminário pelo fim da Violência Doméstica....

A Secretaria de Estado de Políticas para as Mulheres (SEPMulheres), em parceria com a Rede Reviver e com a Universidade Federal do Acre (Ufac), na segunda-feira, 25, no Teatro dos Náuas, no Campus da UFAZ em Cruzeiro do Sul.
A UFAC tem o NEGA o Núcleo de Estudos de Gênero na Amazônia, um núcleo de pesquisas, estudos feministas e de G}enero, Crítica Feminista, que faz parcerias sempre com a SEPMulheres nesses trabalhos e tem participado das reuniões de planejamento e realizações da Campanhas do 16 Dias de Ativismo, de 25 de novembro a 10d e dezembro, foi assim, em 2009, 2010, 2011 e 2012. O NEGA ficou de fora essa vez, infelizmente, por causa da coordenadora profª Drª Margarete Edul Prado de Souza Lopes se encontrar doente esse ano de 2013, e também estar de licença prêmio.





O evento faz parte da agenda integrada da campanha mundial “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”, iniciado em todo o Estado, cuja agenda de atividades foi publicada já nesse blog, procurem e consultem.
A profª Drª Guida Aquino abriu os trabalhos na UFAC de Cruzeiros do Sul

A funcionária administrativa da UFAC, Fabiana Nogueira Chaves, deu brilhante palestra de "Desconstrução do Machismo", na ocasião, ela é muito boa nisso e ocasionalmente colaboradora com o NEGA, muito boa colaboradora....

A atividade teve a presença de 150 pessoas, entre alunos, professores, militâncias, autoridades.... Abaixo vários flashes da atividade....

Que a UFAC fala muitas outras parcerias com a SEPmulheres para realização desses tão importantes trabalhos de sensibilização, pois ainda temos tanta desigualdades, violência de gênero a combater, muto trabalho mesmo pela frente e que o NEGA está aqui à disposição para apoiar, militar, assessorar....
Que todos possamos ter consciência de fazer nossa parte em denunciar a violência contra a mulher, contra crianças, idosos, qualquer tipo de violências doméstica, disque 180

O site Acre 14 horas publicou a respeito, dizendo...
A titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Cruzeiro do Sul, Carla Ivane de Britto, destacou a redução do índice de homicídios de mulheres no município: “Em 2010, tivemos oito homicídios, que caíram para três em 2011. Já no período entre 2012 e este ano, até o presente mês, tivemos um, em contrapartida o número de denúncias cresceu. A violência aumentou? Não! As mulheres é que passaram a confiar nos serviços e denunciar os maus tratos que sofriam há tempos. E esse resultado positivo é fruto de um trabalho de integração de toda a Rede Reviver”, ressaltou, Carla de Britto.
O aumento do número de inquéritos, em razão da mudança de consciência das vítimas de violência doméstica, que tomam a atitude de denunciar seus agressores e buscam ajuda, é notório. Elas estão constatando que a Lei Maria da Penha pode ser efetiva e salvar as suas vidas.
Deixamos aqui nossos parabéns à nossa Vice Reitora, a professora Guida Aquino, por iniciativas como essa e que 2014 tenhamos novas ações dessa natureza tão contundente.... PARABÉNS!!!!!


O NEGA está sempre à disposição, professora Guida...